A confusão aconteceu na tarde de ontem (10), numa residência do bairro Jardim Paulista, em São José do Rio Preto. A vítima é uma mulher de 20 anos que está grávida.

O boletim de ocorrência diz que uma equipe da Guarda Civil Municipal foi acionada pelo Samu para atender um caso de violência doméstica. Quando chegaram ao local a vítima, que apresentava lesões na face e na boca, estava desacordada e recebia atendimento médico.

O marido da vítima, um homem de 33 anos, estava sob uma mesa, com sinais de embriaguez, e se recusou a contar o que teria acontecido.

A irmã da mulher agredida também estava no local. Ela mora em outra residência, porém no mesmo terreno. Ela contou à Guarda Municipal que não presenciou a agressão. Disse apenas que foi até à casa da irmã para buscar uma bebida e quando chegou viu o marido e uma outra mulher, vizinha, de 38 anos, se beijando. Ela não disse nada e deixou o local para evitar confusão. Falou que pouco tempo depois escutou uma confusão e quando chegou à casa da irmã, já a encontrou desacordada.

A equipe do Samu foi acionada, prestou os primeiros socorros e encaminhou a vítima para o Hospital da Criança e Maternidade, onde ela permaneceu em observação.

Na delegacia, o homem disse que viu a esposa e a vizinha brigando e que a esposa teria desmaiado. Ele negou que tenha a agredido. A vizinha disse que não se lembra do ocorrido e negou as agressões.

O caso foi registrado como violência doméstica e lesão corporal e será encaminhado para a Delegacia de Defesa da Mulher para ser investigado.

Gazetainterior.com

Deixe seu Comentário